Chief Compliance Officer: meu novo trabalho

 Com o final do curso, e a difícil tarefa de conciliar maternidade, último ano do Juris Doctor, trabalho e casamento, tem ficado mais desafiador atualizar o blog. Mas, meu compromisso com vocês continua. Em outubro de 2021, eu decidi sair do escritório para uma vaga de emprego full-time. 

No dia 01 de novembro eu me tornei Chief Compliance Officer da Kiddie Academy em Indiana (managed by TCF). A Kiddie Academy é uma franchising educacional de pre schools. Nossos estudantes são de 3 meses, há 5 anos. E atualmente, temos 5 escolas nos EUA e estamos no processo de construir outras. Ou seja, como franqueados estamos em expansão. Meu desafio atual é além de cumprir as políticas da empresa, elaborar um programa de compliance que possa ser seguido por todas as nossas unidades.

Tenho trabalhado bastante com Direito do Trabalho e Códigos de Indiana. Além de algumas leis federais. O interesse pela área de compliance educacional teve uma grande influência do meu filho. Como mãe de um menino de 1 ano, quero trabalhar, mas também quero acompanhar o seu desenvolvimento, crescimento e aprender como educá-lo da melhor maneira possível.

Em breve, poderei mais compartilhar sobre o nosso sistema de ensino, e leis interessantes da área.

Até o próximo post!





Trabalhando em um escritório de advocacia



No final de Julho de 2021, comecei a trabalhar em um escritório de advocacia nos EUA. Depois de uma pausa de 1 ano para que eu me dedicasse à maternidade, eu voltei efetivamente para o mercado de trabalho. Estou muito feliz, pois entre as minhas opções esse escritório de Indiana era o primeiro da lista. O nosso escritório trabalha com personal injury e eu estou trabalhando no departamento de Medical Malpractice, ou #MedMal como chamamos aqui nos EUA.
Os escritórios de advocacia nos EUA são classificados em solo practitioner (apenas um advogado), small firms (2-15 advogados), medium firms/ midsize (16-350 advogados), large firms (mais de 350 advogados), Big Laws ( mais de 1.000 advogados). Muitos pensam que essa classificação vem do tamanho físico do escritório, mas na verdade ela vem do número de advogados contratados. 


Os honorários nos escritórios também são cobrados de duas maneiras distintas: billable hour (por hora) ou contingent fee (percentual no final da ação). Em geral, os escritórios que cobram contingent fee não cobram consulta. Mas, o percentual "padrão" seria de 33,3% do valor recebido pelo cliente, fora as despesas de escritório que são cobradas por fora. Por exemplo, se o advogado precisa requisitar uma certidão e ela custa $100 para o escritório, o cliente reembolsa essa valor. Já os escritórios que trabalham com horas faturadas, cobram o valor da hora do advogado o que inclui consultoria.Mesmo os pequenos escritórios são bastante informatizados. Existem os softwares de gerenciamento que gerenciam os processos e documentos virtualmente. 
Os funcionários tem backgrounds bem diferentes. O que eu poderia enfatizar é o investimento de uma central de atendentes com experiência em atendimento ao cliente, o setor de marketing e os paralegals. Essas foram as maiores diferenças que percebi ao comparar com os escritórios brasileiros.
No futuro, farei um post especificamente falando sobre essas profissões. 

Agora vou dormir. Amanhã trabalho cedinho e estou me preparando para a volta as aulas. Sim, esse é outro tópico futuro: ultimo ano de law school e preparação para o BAR Exam de Indiana. 


Estou muito feliz de estar de volta ao trabalho e fisicamente ao campus.

Até o próximo post!










 

Cursos de especialização em Direito nos EUA


 Sempre recebo muitas dúvidas de pessoas que sonham em fazer pós-graduação nos EUA. Contudo, o curso de Direito nos EUA, já é uma pós-graduação como vocês que acompanham o blog já entenderam. Não existe formato de cursos de especialização, pós-graduação no estilo brasileiro. O que mais se assimilaria aos cursos de especialização do Brasil seria o LL.M (Master of Laws), que é um mestrado profissional. 

Outra opção oferecida pelas universidades americanas, que podem interessar os alunos estrangeiros, seriam os cursos de verão ou inverno. Um exemplo é a Harvard Summer School que oferece cursos no campus ou online: https://summer.harvard.edu/course-catalog/courses?subjects=Legal%20Studies

Também existem os programas de extensão, por exemplo, a Harvard Extension School.

Hoje, muitos desses programas são online. Você consegue achar até LL.M online. O importante é verificar se esses programas em Direito são reconhecidos pela ABA (American Bar Association), pois caso você tenha a intenção de fazer o exame do BAR no futuro, é um requisito que o seu titulo seja reconhecido por tal instituição.

Espero que tenham gostado do post,

Até o próximo post.




4L J.D - Meu último ano de Juris Doctor


 Hoje é domingo e terminei de comprar os meus livros para o Fall/21 do Juris Doctor. Como o ano letivo nos EUA se inicia em agosto, tecnicamente está começando o meu último ano de curso já que fui uma aluna part-time. Estudar part-time adicionou 1(um) ano extra na minha formatura, mas foi muito importante para que eu pudesse conciliar meus estudos com a minha família e a maternidade. 

Meu filho iniciou o child care no mês passado, e está se adaptando muito bem a escolinha. Isso tem me deixado muito mais tranquila para voltar as minhas atividades presenciais. Estou com um frio na barriga e ansiosa, pois com a pandemia controlada nos EUA será a primeira vez que retornarei a minha rotina "normal". Entre aspas porque agora sou mãe. E como disse a pediatra do Noah, será uma rotina bem melhor, pois agora ele faz parte dela.

Esse semestre, estudarei Family Law, Data and Privacy Law, and Copyright. Terei aulas pela manhã e à noite. Em breve, retornarei aos posts com mais novidades da universidade e dos EUA. Agora vou apenas curtir o meu restinho de férias com a família.

Vejo vocês em breve.

Até o proximo post!




É preciso escrever tese no LL.M?




No LL.M a tese é opcional. Isso porque no LL.M é um mestrado profissional e não acadêmico como ocorre na maioria dos casos no Brasil. Caso você tenha interesse na área acadêmica é interessante se matricular nas matérias da tese e defendê-la para a banca. O site da universidade americana informará quais os requisitos para conclusão do LL.M

Apesar da tese não ser obrigatória, algumas faculdades exigem uma espécie de artigo ou TCC, que será analisado e submetido ao seu orientador. 

Caso você tenha interesse em tentar revalidar (não sei se esse seria o verbo correto) no Brasil, é interessante defender a tese. Lembrando que os requisitos para revalidação do diploma americano é analisado pela universidade brasileira. 

Espero que essa informação seja relevante para sua pesquisa.

Até o próximo post!



Como se tornar advogado nos EUA sem ir para Law School? Caso Kim Kardashian



Sempre que a Kim Kardashian compartilha suas fotos estudando Direito nas redes sociais é uma comoção. O estilo glamuroso da empresária não corresponde a realidade da maioria dos estudantes de Direito americano, que dedicam pelo menos 3 anos de suas vidas a apenas estudarem. Essa diferença é que a Kim Kardashian não está matriculada em nenhuma Law School ( na realidade, ela não possui nem College degree - um dos requisitos para entrar na Law School), o que ela faz na verdade é um estágio de 4 anos permitido na California para que o candidato possa realizar o Bar Exam. 

Apenas quatro (4) Estados permitem legal apprenticeship: California, Washington, Vermont e Virginia. O tempo gasto em estágio supervisionado sob responsabilidade de um Advogado ou Juiz varia de Estado para Estado. Na California, por exemplo, existe o "Baby Bar", o qual no final do primeiro ano de estágio o candidato deve prestar uma prova de aptidão. Quem está matriculado em uma Law School regular não precisa fazer essa prova. A Kim Kardashian, de acordo com as regras da California também precisa declarar seu progresso durante o estágio. 

De acordo com o site da California Bar:

'Applicants intending to pursue their legal education through the law office/judge’s chambers program must file an initial report on the designated form within 30 days of the date the law office study commenced. Subsequent reports on the designated form and examinations must be submitted within 30 days after completion of each six-month study period.

A $158 fee must accompany the Notice of Intent to Study in a Law Office or Judge’s Chambers, which is the initial report. A $105 fee must accompany each semi-annual report submitted after that. All reports must include the Law Office Study Report cover sheet and must be submitted by certified mail with return receipt requested or delivered in person to either the Los Angeles or San Francisco Office of Admissions.

Applicants are qualified to take the First-Year Law Students’ Examination after completing one year of law study. Certain applicants are exempt from the examination as specified in Rule 4.55 of the Admissions Rules. Applicants required to take the First-Year Law Students’ Examination, which includes students participating in the law office/judge’s chambers program, who pass the examination within three consecutive administrations of first becoming eligible to take it, will receive credit for law study completed up to the time the examination is passed (calculated to the date the examination is administered rather than to the date the results are released). Applicants who pass it thereafter will only receive credit for one year of law study." Para ler o artigo completo clique aqui 

E você, o que acha dessa possibilidade?

Até o proximo post!


 

Academia da Advocacia Internacional (Podcast)



Uma 𝙘𝙤𝙢𝙪𝙣𝙞𝙙𝙖𝙙𝙚 formada por Advogados e Advogadas brasileiros 🇧🇷 que estão i͟n͟t͟e͟r͟e͟s͟s͟a͟d͟o͟s͟ ͟e͟m͟ ͟i͟n͟t͟e͟r͟n͟a͟c͟i͟o͟n͟a͟l͟i͟z͟a͟r͟ ͟o͟u͟ ͟e͟m͟ ͟p͟r͟o͟c͟e͟s͟s͟o͟ ͟d͟e͟ ͟i͟n͟t͟e͟r͟n͟a͟c͟i͟o͟n͟a͟l͟i͟z͟a͟ç͟ã͟o͟ da carreira jurídica, com atuação em diversos países. Este é um espaço para todos: FORMADOS, ADVOGADOS, ESTUDANTES, SÃO TODOS BEM VINDOS ! Ouvirá sobre assuntos como primeiros passos, desafios, preconceitos, currículo, mercado de trabalho e muitos outros.

 Obs.: Nada do que é dito e conversado aqui neste clube deve ser levado a cabo como aconselhamento jurídico.

Ouvir no Spotify: https://open.spotify.com/show/2mDVcWXxv95gFBdcqOkB9L

Ouvir: https://anchor.fm/filipe-vigo

Como economizar dinheiro nos EUA

Todo mundo sabe que os EUA é a terra das compras, e das promoções. Os cupons de descontos são super comuns e atrativos. Contudo, ser estudante também tem sua vantagem: muitas empresas oferecem descontos especiais para estudantes como lojas, serviços de streaming e até a apple store. 

Um site famoso para estudantes é o https://www.myunidays.com/US/en-US.

Outros descontos você consegue no site da própria loja, como exemplo a Apple: https://www.apple.com/us-hed/shop?&mnid=sU09thCvU-dc_mtid_1870765e38482_pcrid_472632990465_pgrid_13945969927_&cid=aos-us-kwgo-edu-bts-slid---product-&mtid=1870765e38482&aosid=p238

Spotify: https://www.spotify.com/us/student/

Por isso, sempre que estiver comprando em alguma loja pergunte se eles oferecem student discount. Não é preciso ter carteirinha de estudante, apenas o e-mail da faculdade é suficiente para compras online. No caso de compras físicas, você mostra a carteira da universidade na maioria das vezes.

Gostou da #dica?

Até a próxima!



Filmes e séries sobre Direito nos EUA

Os filmes e séries sobre direito e principalmente sobre casos criminais, são super populares e podemos encontrar uma infinidade de títulos para todos os gostos. Abaixo, fiz uma lista dos filmes mais conhecidos sobre Direito nos EUA. Alguns eu já assisti, outros ainda não. Mas, para os que querem conhecer um pouco da nossa realidade esses são excelentes filmes. 



Legalmente Loira 1 (2001)

Esse filme é super popular e retrata a vida de Elle Woods, uma sorority girl que após levar um fora do namorado, decide cursar Direito em Harvard a fim de conquistá-lo. O filme é super engraçado e retrata um pouco do ambiente acadêmico (principalmente o método socrático).  


The Paper Chase (1973)

Esse filme é um clássico. Relata a vida de um estudante de Direito do primeiro ano de Harvard. O que eu amo sobre esse filme, é que você pode ter uma noção sobre o método socrático e os estudos para as provas finais. Definitivamente é um filme para law students. 



How to Get Away with Murder

Annalise Keating é uma professora e advogada de defesa, e seleciona um grupo de estudantes para ajudar nos casos na sua firma, junto dos seus empregados.


                                                   

Suits (2011)

Essa série mostra a vida dentro de um escritório Big Law. O advogado Harvey Specter e a sua equipe, enfrenta traições, relações ardentes, e segredos que eventualmente se revelam.


Law and Order

Essa série é para quem gosta de Direito Penal e investigações. Ela reporta a colheita de provas e o processo de acusação e defesa. 


To Kill a Mockingbird (1960)

Um clássico da literatura americana que trata sobre desigualdades raciais e um crime de estupro. 


The Practice (1997)

Bobby Donnell, um advogado de Boston cujos instintos lhe dizem que os casos importantes nem sempre são sobre dinheiro. 


A Few Good Men(1992)

Conta a história de advogados militares num tribunal que descobrem uma conspiração de alto nível no decurso de defender os seus clientes, dois Marines dos Estados Unidos acusados de homicídio.    



The People vs. OJ Simpson (1997)

Um caso super famoso nos EUA, no qual o atleta OJ Simpson foi acusado de matar sua esposa. Um ponto interessante é que um dos advogados de OJ foi Robert Kardashian, pai da Kim Kardashian. 



Esse são apenas algumas das infinidades de obras que mostram casos ou a rotina de advogados e estudantes de Direito nos EUA. Aproveitem o domingão para assistir.

Até a próxima,




   












Como estão as aulas na Law School durante a Pandemia

    Estudar durante a pandemia do COVID-19 tem sido um grande desafio. Não apenas os alunos, mas as universidades tiveram que se readaptar a nova rotina. Neste post, vou dividir um pouco das políticas adotadas na minha Law School para proteção dos alunos e empregados, pois cada universidade adotou sua própria política de proteção e matrícula de alunos. 

    Em Março/2020,  início da pandemia e do lockdown nos EUA, a minha universidade decidiu transferir todas as aulas presenciais para o formato online. Essa decisão veio repentinamente, pois os casos de COVID aumentavam e nós teríamos o recesso do Spring Break, onde geralmente os alunos viajam. Para evitar a proliferação do vírus, a nossa universidade, migrou para online gradativamente. No restante do semestre tivemos aulas via zoom, e fizemos as provas finais no sistema da universidade.

    Em Maio 2020, começamos o Summer. As aulas do Summer não são obrigatórias, pois esse é o período de férias nos EUA. Muitos alunos preferem fazer Summer Internships, enquanto outros se matriculam em matérias extras. Durante o Summer, a nossa universidade ofereceu diversas aulas onlines e nos dividíamos entre o Zoom e o sistema da Universidade.

    Em Agosto de 2020, a universidade adotou o formato hibrido e as aulas presenciais começaram a retornar. Contudo, eles também ofereceram mais aulas opções de aulas online e os alunos tiveram liberalidade de escolherem as matérias que gostariam de cursar. Como as aulas começaram a ser presenciais, a universidade adotou uma série de medidas, como teste obrigatório do COVID, realizado gratuitamente no Campus.

    Em Janeiro de 2021, o formato hibrido continuou. Também continuaram a obrigatoriedade dos testes de COVID e da vacina da gripe para liberação da matrícula. A vacinação contra o COVID já foi iniciada aqui em Indiana, mas está seguindo o calendário designado pelo governo. Ainda não sei como serão os próximos semestres, creio que o retorno completo das aulas no formato presencial dependerá do avanço da vacinação no Estado. 

    No mais, desejo muito que essa pandemia acabe e possamos ter novamente uma vida normal.

    Até o próximo post.